terça-feira, 20 de junho de 2017

JOSÉ RANULFO GURGEL DE BESSA, 2º TABELIÃO DE RODOLFO FERNANDES


JOSÉ RANULFO GURGEL DE BESSA – 14/01/1987. Natural de Rodolfo Fernandes-RN, nascido em 27 de maio de 1955, filho de João Bessa Pinheiro. Casado com Maria Aparecida Porto, filha de João da Mata Porto e Emidia Pinheiro Porto, pai de uma filha – Maria Aparecida Porto Bessa.

SURGIMENTO DA JUSTIÇA EM RODOLFO FERNANDES



          
   Até 1954 os rodolfenses tinham que deslocar-se até a cidade de Portalegre com a finalidade de resolver quaisquer problemas de Justiça. Em 1954 esse problema acabou-se tendo em vista a instalação do Cartório único de Rodolfo Fernandes, que teve como primeiro tabelião o senhor João Pinheiro de Bessa, subordinado a comarca de Portalegre  O primeiro Juiz de Paz de Rodolfo Fernandes foi o senhor Solano de Melo que assumiu o cargo no ano de 1954 e passou o cargo para s seu sucessor Pedro Silveiro de Freitas

PRIMEIRA CERTIDÃO DE NASCIMENTO



         PRIMEIRA CERTIDÃO DE NASCIMENTO – Foi expedida em 30 de outubro de 1954,   pelo Cartório Único de Rodolfo Fernandes. Nessa data foi registrada a pessoa de  João Campelo, nascido as 10 horas do dia 15 de outubro de 1954, filho de José Gurgel do Amaral e de Maria Amália, sendo seus avós paternos: Sebastião Celino Gurgel de Oliveira e Maria Pinheiro de Melo e maternos: João Glicério de Holanda Campelo e Amália Campelo. Já a primeira Certidão de Casamento ocorreu no dia 2 de outubro de 1954. Nessa data casaram-se os jovens JOSÉ GARCIA DE OLIVEIRA, brasileiro, agricultor, natural de Itaú-RN, filho de Antonio Garcia de Oliveira e Rosenda Maria da Conceição, nascido a 19 de março de 1931, e CRISTINA BARBOSA DA SILVA, brasileira, solteira, doméstica, natural de Itaú-RN, nascida a 9 de abril de 1932, filha de Justino Barbosa da Silva e Idalina Maria da Conceição

CARTÓRIO ÚNICO DE RODOLFO FERNANDES



  CARTÓRIO ÚNICO DE RODOLFO FERNANDES
              Rua João Cordeiro, nº 144 -  Centro – Rodolfo Fernandes
             O Cartório Único foi criado pela Lei nº 1.050, de 14 de dezembro de 1953 e foi instalado em 2 de outubro de 1954, que teve como primeiro tabelião o senhor João Pinheiro de Bessa, que nessa data assumiu interinamente e em 22 de novembro de 1955 assume oficialmente através do Decreto governamental publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, com o teor seguinte: ‘Nomear de acordo com a lei nº 1.050, de 14 de dezembro de 1953, o senhor João Pinheiro de Bessa, aprovado em concurso, para exercer o cargo de escrivão, recebendo todos os ofícios de justiça, inclusive o tabelionato do Cartório do Distrito de Rodolfo Fernandes, do Termo de Portalegre.Nessa época o Distrito Judiciário de Rodolfo Fernandes, antigo povoado de São José dos Gatos, esteve subordinado a comarca de Martins, de 1954 a 1956; de 1956 a 1969 subordinado a comarca de Portalegre; e desde dessa data até a presente data é subordinado a Comarca de Apodi.

JOÃO PINHEIRO DE BESSA, 1º TABELIÃO



JOÃO PINHEIRO DE BESSA – 02/10/1954 – Natural de Apodi, nascido em 11 de janeiro de 1927,  filho de Cristóvão Colombo Pinheiro de Melo ( 17/5/1898 -04/05/1981), filho de  João da Costa Melo e de Joana Ermelina de Queiroz; e de  Raimunda Bessa Botão (27/09/19000 – 17/11/1978), filha de José Marcolino Bessa e de Emídia Rosa Botão. Casado com  Francisca Gurgel Bessa, filha de José Gurgel do Amaral e Maria Amália Campelo, com os seguintes filhos: José Ranulfo Gurgel de Bessa, João Cristóvão Gurgel de Bessa, Raimundo Nonato Gurgel de Bessa, Francisco de Assis Gurgel de Bessa, Paulo Geraldo Gurgel de Bessa, Francisca Maria Gurgel de Bessa e José Lázaro Gurgel de Bessa